Leites vegetais, que tipos existem e que nos dá o seu consumo.

A demanda de leites vegetais é cada vez maior em todo o mundo, tanto pelo seu valor nutritivo, como pelo seu ausência de lactose, o que as torna aptas para um consumo que apenas tem restrições.

Por outro lado, os derivados de “lácteos” os produtos vegetais representam uma alternativa mais ecológica em seu processamento, o que são os leites de origem animal, já que emite muito menos CO2 para a atmosfera.

Sua preparação sempre procura uma base de água que são adicionados diversos produtos vegetais.

Conteúdo do post

Benefícios das leites vegetais

Além do comentado anteriormente (ausência de lactose e qualidade nutricional), há quatro grandes vantagens no consumo de leites vegetais:

  • Fornecem poucas calorias à dieta com o que eles são ideais para qualquer plano de emagrecimento
  • Não contendo colesterol e são uma fonte natural de ácidos gordos
  • Conter (em maior ou menor medida, dependendo do produto vegetal, com o que se elaborem) vitaminas e minerais, assim como as proteínas de origem vegetal, o que os torna um bom complemento para uma dieta vegetariana..
  • Têm pouca gordura com que sua digestão é mais fácil do que com leites de origem animal.

Tipos de leites vegetais

Mesmo que a lista cresce a cada dia pela incorporação de novos produtos que antes eram de difícil acesso, as principais leites vegetais são quatro:

  • Leite de amêndoas
  • Leite de aveia

Veámoslas um pouco mais em detalhe

O leite de soja

Dentro das leites vegetais é, provavelmente, a mais popular (especialmente para o consumidor ocidental) e é muito fácil encontrá-la em qualquer supermercado.

Cumpre os critérios saudáveis deste tipo de preparações vegetais: pouco valor calórico, ausência de lactose e facilidade para ser digerida.

A soja, além disso, é famosa por seu aporte de proteína vegetal, o que, unido à presença de vitaminas e minerais faz com possuidora de valores nutricionais muito completos.

É boa para os ossos e favorece a flexibilidade arterial.

Ajuda a controlar os níveis elevados de colesterol e estabilizar o nível de glicose no sangue.

Leite de arroz

Como o leite vegetal partilha muitos dos benefícios gerais, de outros leites, mas como derivado do arroz, além disso, inclui algumas características específicas a este:

  • O teor de amido ajuda no processo digestivo e é muito boa para problemas comuns, como a diarréia.
  • Contém vitamina B, assim como o triptofano, que favorecem a luta contra o estresse e a ansiedade. Diz-Se que é um leite especialmente boa para a saúde mental.

A é muito energética, já que é rica em hidratos de carbono, bem como , porém, é muito baixa em calorias.

Entre seus benefícios, cabe destacar que ajuda a diminuir a pressão arterial, melhora a circulação do sangue.

Além disso, controla o colesterol “ruim”.

Leite de amêndoas

É uma das leites vegetais mais saborosos e, por isso, estendeu o seu uso da pastelaria que foge das leites convencionais.

Como nos casos anteriores, o leite de amêndoas ajuda a controlar o aparecimento de colesterol, que é uma aliada do sistema circulatório.

Trata-Se de uma bebida que, além de ser muito digestiva, é bom para o sistema nervoso, aumenta a massa muscular e melhora a saúde do cérebro.

Dentro deste tipo de bebidas é uma das que melhor ajuda a prevenir a osteoporose

Leite de aveia

Leches vegetales: leche de avena

Tornou-Se um leite muito popular, já que a sua preparação é muito simples, basta apenas meia xícara de aveia e um litro de água, hervirlo durante alguns minutos e passar pelo liquidificador.

É também um leite muito saborosa mas a sua característica mais destacada no seu alto conteúdo em fibra.

Claro, não contém gordura saturada, o que também é de fácil digestão.

Entre outras qualidades, o leite de aveia é muito energética, com o que aumenta a nossa resistência contra o exercício, tem propriedades antioxidantes, melhora a saúde da pele.

Além disso, reduz o risco de ter diabetes.

Leite de coco

Esta leite merece uma menção destacada pela quantidade de propriedades benéficas para o organismo.

Leches vegetales: leche de coco

  • É muito rica em minerais, especialmente ferro (essencial para o transporte de oxigênio para o sangue e para a criação de glóbulos vermelhos), manganês (que facilita os processos metabólicos) ou fósforo (básico na formação e desenvolvimento de dentes e ossos).
  • É rica em vitamina B3, que, entre outras coisas, contribui para aumentar a energia do organismo, e em ácido fólico, importante no crescimento e desenvolvimento do feto.

Mas, além disso, essa bebida é perfeita para o seu cabelo já que o nutre e repara, ajuda a eliminar os modos e lhe confere um aspecto brilhante e saudável, e é muito boa para a pele, graças ao seu conteúdo em vitaminas A e C, proteínas e cálcio.

É muito indicada para os efeitos nocivos do sol sobre a pele.

A vitamina C, que também contém, é um magnífico anti-oxidante.

Outros leites vegetais interessantes

Com o tempo foram se acrescentando à lista de bebidas lácteas e outros produtos vegetais que há muito tempo, apenas eram conhecidos de forma popular, mas que, hoje em dia, vão ganhado espaço nas prateleiras de nossas lojas.

Leite de quinoa

Trata-Se de um cereal muito rico em proteínas e aminoácidos essenciais.

Tem um indubitável valor antioxidante, graças ao seu elevado teor em vitamina E e é muito rico em vitamina B2, que é fundamental na criação e reparação do tecido muscular.

O leite de quinoa não contém glúten, o que a torna muito indicada para as pessoas alérgicas a derivados do trigo.

É uma fonte de ferro, manganês, fósforo e cobre, entre outros minerais, que contribuem para a criação de células e para a conservação e o funcionamento da maioria dos órgãos, a criação muscular, o sistema imune, o metabolismo, etc.

Leches vegetales: espelta y quinoa

Leite de espelta

A espelta contém os oito elementos essenciais.

É rica em minerais (zinco, ferro, cobre, etc.) que funcionam como antiestresantes e rica em cálcio.

Seus principais benefícios estão em seu alto conteúdo em hidratos de carbono e proteína que fazem do leite um suplemento energético muito interessante.

Além disso promove o trânsito intestinal e aumenta a resistência do organismo às infecções.

Entre as vitaminas que contém encontramos a B1 e B9.

Icono CorazonOutro artigo que podem te interessar:

Votação dos leitores [Total:0 Média:0/5]

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *