Formação PRONATEC – O que fazer depois de formado? Entenda a formação técnica

Tanto a educação técnica como a universitária têm suas vantagens. Para certos postos de trabalho, os empregadores optam por profissionais técnicos em todos os campos da metalúrgica, mineração e engenharia elétrica.
Para corridas, como direito, economia e medicina, os empregadores exigem que os alunos sejam universitários. Como foi mencionado anteriormente, cada tipo de educação tem seus méritos, mas quem ganha mais, os profissionais técnicos ou universitários?

Mesma carreira, diferentes receitas

Administração de empresas, contabilidade e finanças, engenharia civil, marketing e arquitetura são algumas das raças que têm maior demanda entre os estudantes. No entanto, os alunos sentirão as diferenças de estudar em uma universidade e um instituto, quando colocados no mercado de trabalho.

A pós-graduação técnico da carreira de administração ganha, em média, 32% a menos que o graduado da faculdade. No caso da contabilidade, esta diferença é de quase 37%; marketing, 31% e engenharia civil, com 36%.

Não obstante, no caso de arquitetura, a diferença na renda média entre um graduado técnico e universitário é mínima, 3.49%. Isso se deve ao fato de que há institutos que se especializaram nesta profissão, de tal forma que estão quase a par.As carreiras universitárias com maior presença no mercado de trabalho são as de administração de empresas, direito e contabiidade.

As carreiras técnicas com maior presença no mercado de trabalho são ciências da computação, administração e contabilidade.

Como conseguir um emprego como tecnólogo

Por ser um tecnólogo é sempre bom ir diretamente nas vagas que exijam esse tipo de formação, mas também seguir alguns conselhos que vão te ajudar a arranjar um emprego depois de ter terminado o curso de formação.

Prepare-se para começar a sua busca

Coloque no lugar de seu empregador por um segundo:

  • O Que vão querer saber sobre você?
  • Que tipo de habilidades acredita que está procurando?
  • Como vocês sabem que você é a pessoa certa para o cargo?

A entrevista de tecnologia é uma oportunidade que tem uma empresa de realmente colocar à prova as capacidades de um possível funcionário.

Para provar que você realmente pode fazer o trabalho, o entrevistador pode colocá-lo à prova com relação a uma variedade de disciplinas, dar-lhe perguntas ou problemas para resolver no momento, e esperar que os resolva sobre a marcha. Se conseguir a vaga, provavelmente espera que aprenda rapidamente. E isso implica mostrar que as suas capacidades estão atualizadas e extremamente agudizadas.

Conheça o mercado e o setor

Não basta aguçar suas habilidades, mas também certificar-se de contar com as pessoas certas. Os empregadores estão à procura de candidatos que estejam em sintonia com o mercado e as exigências do cargo. Por tudo o que você precisará investigar, de forma exaustiva as últimas inovações, competências e conhecimentos técnicos que a empresa (e o lugar) demandaram de você.

Não ceda à tentação de improvisar ou confiar apenas na sua inteligência. Faça-se a ideia de que a sua entrevista será o mais rigorosa possível. Faça a sua tarefa e certifique-se de estar preparado para responder qualquer pergunta relacionada com o campo em que pretende trabalhar.

Lembre-se dos princípios básicos

Seus conhecimentos básicos de informática e conceitos principais reforçam as boas práticas em qualquer posto de tecnologia. Por isso, não negligenciar. Certifique-se de ter dedicado tempo suficiente para rever e revisar as teorias de que pode ter esquecido. Tudo mencionado em seu currículo ou no seu perfil do LinkedIn poderia surgir em sua entrevista.

Lembre-se que é provável que o seu entrevistador consulte a vários outros candidatos além de você. Por isso que, provavelmente, ter um padrão básico que você precisa certificar-se de haver captado e que deve superar. Não deixe que os princípios básicos desanimem.

Preveja as distrações

Trabalhar em tecnologia envolve localizar e resolver problemas, como também ter a capacidade de improvisação. Não deve supor que a sua entrevista será diferente.

Podem apresentar uma situação ou hipótese e pedir que a resolva. O que o entrevistador pode estar procurando aqui não é necessariamente a resposta correta, mas o conjunto correto de processos de pensamento e capacidades para resolver problemas.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *