5 truques do Adobe Photoshop que vão facilitar a sua vida

Apesar de usar o software da Adobe com frequência, podemos encontrar, ainda, truques de Photoshop que podem passar despercebidos para a maioria. Por isso, saber como usar o Adobe Photoshop pode fazer uma grande diferença nos seus trabalhos e no tempo que gasta para terminá-los. Quer ver algumas coisas que podem te ajudar com isso? Aqui listamos 5 que você com certeza vai gostar de saber!

O Photoshop é um dos programas mais populares para edição de imagens. Por isso, quase todo amante da fotografia, encontra no programa do Adobe, um dos softwares mais úteis e completos, com que alterar os seus instantâneos.

No entanto, apesar do uso é comum para muitos de nós, este possui uma grande quantidade de possibilidades que, ainda hoje, podem continuar a surpreender-nos. Assim, existem alguns truques de Photoshop que também não se podem considerar truques como tal, mas como opções que desconhecemos, já que estas geralmente se encontram escondidas entre os diferentes sub-menus que tem o software.

De fato, no canal de YouTube Photoshop Training Channel tiveram o cuidado de fazer um explicando a 5 delas. Mas eu acho que existem algumas mais que, embora possam ser conhecidas por alguns, não costumam sê-lo pela grande maioria. É claro, existem muitos truques de Photoshop, e aqui só vamos apontar alguns deles. Não obstante, a utilidade que se lhes encontre dependerá do tipo de funções que fazemos com o programa da Adobe.

Lorem ipsum

É algo muito básico, mas que às vezes pode ser de utilidade. Por “Lorem ipsum” se conhece a um texto em latim gerado automaticamente utilizado para as demonstrações de tipografia. Trata-Se de uma boa ferramenta para evitar ter que escrever como se nos tivesse possuído o demônio quando tentamos preencher uma caixa de texto e, assim, verificar como ficaria seu projeto. Fazê-lo no Photoshop é fácil, só temos que fazer a nossa caixa de texto, e ir para texto – colar Lorem ipsum.

Escala de acordo com o conteúdo

Escalar de acordo com o conteúdo é útil quando desejamos que uma foto ocupe toda a tela, sem ter que cortar. Assim, através desta ferramenta podemos esticar a imagem a partir de algum borda e Photoshop interpreta os dados necessários para fazer com que se deforme o menos possível. Sim, tudo tem um limite. Funciona especialmente bem quando temos fotografias de paisagens que não têm muitos itens. Basta pressionar Shift + Ctrl + A ou faça a edição – escalar de acordo com o conteúdo.

Deformação de perspectiva

Com essa ferramenta, podemos selecionar um objeto de imagem ao qual podemos alterar suas dimensões de forma individualizada. Teremos de ir a edição – deformação de perspectiva, e, posteriormente, nos é apresentada uma grelha com a que vou dar forma à figura que desejamos alterar. O passo seguinte será o de aceitar a seleção para começar a deformar a vontade daquele elemento. Acima de tudo, está pensado para modificar edifícios.

A camada em branco e preto para controlar a cor

Uma das vantagens do branco e preto é a possibilidade de modificar de um modo individualizado os tons, sem que isto afete as cores mostradas. No entanto, isso também podemos fazê-lo em RGB. Para isso, temos que criar uma nova camada de ajuste que aplicar o modo de mesclagem luminosidade. Assim, teremos a possibilidade de alterar de forma independente cada cor.

Como usar o Picframe para fazer edição de foto grátis no celular

PicFrame é um aplicativo para dispositivos iOS (requer o iOS 3.2.2 ou superior) com a qual podemos realizar também uma colagem de imagens do nosso iPad, o iPhone ou o iPod Touch, graças aos 67 pontos ajustáveis que se incluem em que podemos adicionar até 9 fotos para formar nosso montagem ou composição. Além disso, também podemos adicionar efeitos às imagens, retocar as sombras ou brincar com as cores para dar um toque de homogeneidade para as fotos que tenhamos escolhido.

Outro detalhe que nos permite esta aplicação é a possibilidade de adicionar textos sobre as montagens, aplicar “cantos arredondados” para os 4 cantos de cada foto, virar as imagens ou fazer um zoom sobre elas ou tirar sua imagem especular.

Como é de se esperar, a aplicação permitirá partilhar as nossas criações através de redes sociais com Instagram, Facebook, Twitter, Flickr ou Tumblr, além de nos permitir compartilhá-las através do e-mail de uma maneira muito simples. Logicamente, se já editado (e, certamente, tocou -) a imagem do PicFrame, na hora de compartilhá-la no Instagram devemos questionar se vamos precisar aplicar outro filtro para a imagem, um detalhe a ter em conta para evitar que os nossos montagens acabem roçando o esperpento.

Como usar o Picframe

Uma nova atualização para o PicFrame foi lançada hoje.

  • Gravação de resolução completa para iPhone 4S
  • Aplicar os efeitos a fotografias individuais (tocar duas vezes numa fotografia)
  • Molduras são agora totalmente ajustáveis, ajustar cada área da moldura, arrastando as fronteiras que os separam
  • Mover facilmente as fotos para diferentes áreas por arrastar e largar (toque numa foto até que ela apareça, em seguida, arraste e caiaem outra área)
  • Controlos fáceis de rotação/espelho (toque duplo numa fotografia)
  • 2 novas molduras
  • 20 novos padrões
  • 15 novos tipos de letra da legenda
  • Novos ecrãs de Ajuda para o guiar através da aplicação
  • Mais opções de resolução ao gravar e compartilhar

Você pode descobrir mais sobre PicFrame aqui ou vê-lo na App Store aqui.

Como conseguir emprego pelo Linkedin? Segredos para usar a rede social para buscar vagas

O Linkedin se tornou uma rede boa para buscar emprego porque usando a rede social profissional também se compartilha informação  sobre setores, profissão, orientação profissional, informações do mercado de trabalho… Entre outras coisas que podem ser úteis tanto para o empregador como para o empregado.Sendo assim, conseguir um emprego muitas vezes acaba sendo uma consequência para quem usa o linkedin.

O objetivo da rede social não é o recrutamento, mas sim o de relacionar os profissionais, seja porque buscam esse perfil, ou porque trocam informações sobre a profissão, por exemplo. Obviamente, falando de trabalho e relacionando com profissionais, mais cedo ou mais tarde sairá a oferta.

Como o Linkedin pode te ajudar a procurar emprego?

  • Coloque nosso perfil profissional, de forma acessível na rede, para que quem quiser, pode observar.
  • Em um processo de seleção, se você estiver inscrito em alguma oferta, os recrutadores analisam, por norma, os seus perfis na rede, sobretudo, no Linkedin.
  • Favorece a conexão e o estabelecimento de contatos que, bem escolhidos, e promover e cuidar das relações, permite a possibilidade de que floresçam oportunidades de emprego.
  • Publica ofertas de emprego na sua categoria “ofertas”, mas também nas páginas das empresas (algumas têm a aba de emprego) e os grupos do Linkedin. Também, seus contatos compartilham ofertas como uma publicação e te ajudam a ficar sabendo sobre novas vagas;
  • Empresas buscam no Linkedin perfis de forma direta, sem publicar ofertas.

Como conseguir emprego pelo Linkedin?

Primeiro temos de considerar que no Linkedin, temos de investir muito tempo. Não é uma rede de 5 minutos por dia. Temos de fazer mais. O que é o que temos que fazer no Linkedin para serem considerados?

Saber que utilidade tem o Linkedin, para que eu quero estar nesta rede, quanto tempo dedicar e perfil que eu vou indicar.
Temos que ter clara a estratégia no Linkedin. Temos de levantar cerca de objetivos mensuráveis para conhecer o alcance de nossas ações nesta rede.

Ter um perfil no Linkedin completo e bem escrito. O perfil é avaliado (começando, perito, eminência…). Isto serve, entre outras variáveis, para posicionar os CV’s em uma possível pesquisa. A Linkedin não lhe interessa posicionar perfis incompletos ou mal desenvolvidos, pois geraria para as empresas que procuram perfis uma sensação de ineficácia da rede para encontrar perfis profissionais.

Participar no Linkedin, tomar a iniciativa: recomendar comentários, participar em grupos do Linkedin, comentar, validar conhecimentos, fazer recomendações, debater, compartilhar, elogiar, enviar mensagens para contatos do Linkedi e manter sua presença ativa na rede.

O que perguntar numa entrevista de emprego? Direitos que devem ser assegurados

Desde a aprovação da flexibilização das leis trabalhistas ficou ainda mais necessário que o empregado confira os detalhes da vaga que se candidata para saber as especifidades do emprego e botar na ponta do lápis se será vantajoso a oportunidade. Afinal, sem a garantia de todos os benefícios – fenômeno de pejotização – o salário deverá ser maior para que o empregado consiga fazer a administração destes extras à parte. Por isso, aqui está as indicações que vão te dizer onde arrumar um emprego em 2020, afinal, de nada adianta registro com experiência que não vale a pena, não é mesmo?

O que perguntar na entrevista de emprego?

Essas são as perguntas que deverá fazer caso seja chamado para uma entrevista de emprego:

FGTS

O empregador é obrigado a descontar 8% do salário do empregado referente à vaga de emprego em uma conta bloqueada. O acumulado poderá ser retirado na aposentadoria, usando-se para a aquisição de habitação própria ou para o caso em que ocorra demissão sem justa causa. Neste caso, o empregador é obrigado a pagar 40% do fundo ao empregado.

Salário

Deve ser pago em moeda corrente do Brasil, necessariamente, até o quinto dia útil do mês subsequente ao trabalhado.

Horas extras

São permitidas duas por dia, com remuneração extra de 50% do valor da hora. As horas extras habituais integram a remuneração do empregado, para o cálculo de férias, gratificações, aviso prévio e FGTS. É possível para a empresa não pagar as horas extras prestadas, desde que o período de trabalho seja menor, ao outro dia. No Brasil, essa prática é conhecida como “banco de horas”. 

Trabalho noturno

É todo o trabalho executado entre as 22 horas de um dia e as 5 horas do outro.

Carga horária

Funcionários de qualquer categoria e área devem seguir a carga horária de oito horas por dia ou 44 horas por semana, com um dia semanal de descanso.

Intervalos de repouso

Não são contados na duração do trabalho. São obrigatórios por, no mínimo, uma hora. Em período menor de trabalho, que não exceda quatro horas, deve durar 15 minutos. Algumas funções possuem intervalos especiais, como as de inserção de dados, em que, a cada período de 50 minutos consecutivos, corresponde um descanso de 10 minutos.

Descanso semanal

Todo trabalhador tem direito a um descanso semanal remunerado de 24 horas consecutivas, normalmente aos domingos.

Férias

Depois do trabalho integral, realizado durante mais de um ano, o empregado tem o direito de 30 dias de férias e a receber mais um terço do valor do salário, como bônus. Ainda é possível vender até 10 dias de férias. Os empregadores dão férias coletivas quando lhes convém.

Vale alimentação

Não tem natureza salarial, a não ser que seja concedida gratuitamente ao empregado, nas dependências da empresa.

Vale transporte

Se o transporte é concedido para a execução dos serviços, não constitui salário utilidade. No caso de que seja concedido como forma de substituir uma necessidade do empregado, a de mover-se no percurso casa-trabalho-casa, é salário utilidade.

Licenças e benefícios, como Licença Maternidade e Paternidade

É concedido de forma remunerada por 120 dias para a empregada que vai ter um filho. Os salários são pagos pelo empregador e descontados por ele dos aportes habituais devidos à Provisão Social. A legislação proíbe as empresas de demitir a empregada grávida sem justa causa a partir do momento da confirmação da gravidez e até cinco meses após o parto.

5 boas frases motivacionais para suas fotos – Dicas de legendas!

Maravilhamo-nos com as antigas maravilhas arquitetônicas que atraem turistas por todo o mundo. Mas, a essência está na história da Fundação. A música congelada da história é como uma sentinela mudo que ajuda as culturas a sobreviver. Vitórias e fracassos, tradições e herança, fazem a história mudar. No entanto, a história continua a ser a mesma.As citações motivacionais fazem emocionar as redes sociais todos os dias e se tornaram importantes publicações para quem quer atrair o púbico. Afinal, é como se estivesse se identificando com o leitor compartilhando ideias em comum. A tática é infalível ao ser aplicadas em boas legendas para fotos sozinha ou para fins mais comerciais.

Confira aqui algumas importantes frases da história motivacionais que podem servir de excelentes legendas, sobretudo quando quer fazer aquele volume nas redes sociais para atrair as curtidas. Aqui vai alguns exemplos inteligentes. A fórmula pode ser aplicada para qualquer frase motivacional de ícone famoso na história.

1. Albert Einstein

A definição de insanidade é fazer a mesma coisa repetidamente e esperar resultados diferentes.
A imaginação é mais importante que o conhecimento.
Imaginação é tudo, é a prévia das atrações futuras.

Albert Einstein foi um dos físicos mais eminentes da história, tendo publicado a teoria da Relatividade Geral em 1915 e mudando a face da física. Recebeu o Nobel de Física de 1921 recebendo-o com um discurso que garantiu várias frases motivacionais que ficaram para a história. 

Aqui ele faz referência ao ‘sucesso’ sendo um tópico abstrato, que muitas vezes é relativo à pessoa que o deseja. Em vez disso, ser de valor significa colaborar com os outros porque você fez uma contribuição.

2. Benjamin Franklin

As três coisas mais difíceis do mundo são: guardar um segredo, perdoar uma ofensa e aproveitar o tempo.

Benjamin Franklin foi um polímata e um dos Pais Fundadores dos EUA. Nesta citação, Franklin está dizendo que gastar o tempo para aprender irá finalmente pagar-lhe de volta em realização pessoal e, possivelmente, sucesso monetário.

3. Charles Darwin

O homem que tem coragem de desperdiçar uma hora do seu tempo não descobriu o valor da vida.

Charles Darwin foi um biólogo inglês que fez uma grande contribuição para a ciência através de seu trabalho sobre a origem das espécies, que apresentou a teoria da evolução.

Nesta citação, ele está fazendo luz que os seres mais bem sucedidos – sejam eles humanos ou animais – obter sucesso de trabalhar em conjunto rapidamente.

4. D. H. Lawrence

Gosto desta ideia: que o amor é uma forma de conversação em que as palavras agem em vez de serem faladas. …

D. H. Lawrence foi um escritor Inglês, bem conhecido por seus romances filhos e amantes e amante de Lady Chatterley, enquanto também escreveu quase 800 poemas.

Esta citação avança a ideia de que o conhecimento só pode levá-lo até certo ponto, e que, embora a aprendizagem seja importante, correr riscos com base no conhecimento adquirido são importantes para o desenvolvimento pessoal.

5. Thomas Edison

A oportunidade é perdida pela maioria das pessoas porque ela vem vestida de macacões e se parece com trabalho.

Thomas Edison foi um inventor americano prolífico que desenvolveu uma extraordinária gama de dispositivos usados para geração de energia elétrica e comunicações de massa. Talvez mais importante, ele inventou a lâmpada elétrica.

Aqui Edison propõe que muitas pessoas muitas vezes desistem em situações difíceis – mesmo que o sucesso, embora escondido, pode estar apenas a pouco tempo de distância.

Como criar bons títulos para o seu blog – 3 passos infalíveis!

Em um mundo saturado de informações, estímulos, chamadas para a ação, chegamos nós e queremos que os usuários leiam nosso conteúdo… já imaginou? o que soa como encontrar uma agulha em um palheiro, não? Agora imagine que essa agulha brilha muito mais do que o normal, seria mais fácil de encontrar, né? Esse brilho fornece criar títulos chamativos para o seu blog… sem título, em substituição ao clicar, é muito difícil que ninguém entre para o nosso site.

As pessoas que escrevem um blog, queremos que nos encontrem, que nos leiam e que nosso conteúdo goste nosso público, tanto quanto para compartilhá-lo.

De certeza que se você está aqui é porque precisa de conteúdo de qualidade para seu site. Você sabe que o conteúdo traz leads. Os Leads te são ouro de quem trabalha com marketing digital, afinal, são o contato para usuários mais quentinhos e que te querem muito mais do que quem quer só matar uma dúvida rápida. De fato, se querem tanto que clicam nos botões de suas newsletters, de suas landing pages, de seu site, e é provável que acabem ajudando-o a atingir os seus objetivos empresariais.

Neste post vamos te dar algumas dicas de como fazer para atrair esse público com bons títulos. E sabe porque?

Porque 8 de cada 10 visitas lerão o título e só 2 em cada 10 lerão o resto. A única maneira de aumentar esses números a seu favor é criar títulos que enganchen aos seus leitores. Mas como fazer isso? Aqui vão alguns exemplos que te ajudarão na escolha adequada de títulos.

3 passos simples para criar títulos atrativos para seu blog

Se esqueceu a duração de um título para que a pesquisa possa oferecer completa é de 70 caracteres, por isso a escolha de um bom título é uma tarefa que leva tempo. Espero que esses passos te ajudar.

1.- Seu público-alvo é a chave, analisa para quem escreve

Saber para quem escreve, é uma das chaves do sucesso de qualquer blog. Por isso, os títulos devem estar de acordo com as visitas que recebe ou espera receber.

Um exemplo. Se seu público-alvo são pesquisadores, especializados em células-tronco, e seu blog, trata desses temas, é provável que seu público não espere títulos engraçados ou chamativos. É possível que esperem títulos que lhes ajudem a resolver uma dúvida, um problema ou encontrar informações sobre um determinado tipo de investigação.

De igual forma, se o seu blog tem um componente humorístico, é mais fácil do que os usuários se apresentarem para brincadeiras, jogos de palavras ou títulos com um caráter mais descontraído.

2.- O título como promessa de ajuda. Sugere a melhor forma de fazer algo

Se quiser que alguém leia seus posts, a promessa de que vão encontrar algo que valha a pena deve aparecer no título de seus artigos. De outra forma, ninguém vai clicar.

Os seguintes pontos, vamos ver como é possível criar essa expectativa, mas neste ponto eu quero destacar, brevemente, a importância de fazer uma boa promessa que você terá que cumprir trazendo um bom conteúdo.

É possível matar um bom artigo com um mau título, mas um bom título não salvará um mal artigo. Já comentamos na introdução que a chave de um bom post, é o título, mas também o conteúdo. Se prometes muito no título e depois não cumpre, o leitor é entregue, mas se o título é fraco, ninguém vai clicar.

Essa fina linha que separa uma coisa da outra é a que deve andar…

3.- O poder do “como”, os tutoriais, guias e exemplos reais

Quando você quiser encontrar informações ou saber algo de um tema e vai para o Google, você deve ter reparado, sem dúvida, que os resultados mais bem posicionado são os que resolvem dúvidas, explicam como fazer alguma coisa ou apresentação de exemplos e casos reais.Se buscamos o que é a função real do Google, é fácil pensar que consiste em fornecer a melhor informação para o usuário. Partindo dessa base, é lógico pensar que os artigos que oferecem esse tipo de conteúdo, se vão posicionar melhor e vão conseguir que os usuários esclarecer suas dúvidas.

Como funciona o sistema de seleção e avaliação do ensino por trás do ENEM

A avaliação do ensino básico no Brasil tem evoluído favoravelmente nos últimos anos, também se observa a consolidação de uma importante cultura de avaliação após as fortes resistências existentes nos momentos iniciais da implantação no país de os sistemas  avaliativos em grande escala no início dos anos 90. A partir de 2020 com a criação do Enem Digital deve ficar ainda mais fácil fazer o controle desses dados que ajudam na avaliação do ensino básico e médio brasileiro.

Atualmente, quem fizer o exame também pode usar o Resultado do Enem 2020 para entrar em programas do governo de acesso ao universitário. Nos últimos anos tem crescido fortemente a sua utilização também como mecanismo de seleção para o acesso a programas governamentais de bolsas de estudo para o ensino superior (Prouni) e como exame de acesso a estudos de formação profissional pós-secundário e ao Ensino Superior. Em 2006, o número de participantes apresentados foi de 2.803.328 e sua logística mobilizou 263.694 profissionais.

Os participantes foram divididos entre as 114.183 salas, em 5.801 locais de prova de 806 municípios espalhados por todo o Brasil. Os resultados são entregues de forma individualizada a cada um dos participantes e, desde 2005, são divulgados por Estado da federação e por escola e para isso se utilizam, por exemplo, corretores, com o propósito de corrigir possíveis distorções de seleção da amostra.

Como o o Enem é usado para avaliação da educação

Dentro do sistema federal de avaliação do ensino básico, dois grandes procedimentos já foram estabelecidos no Brasil há pelo menos uma década: o Saeb e o Enem. Ambos possuem objetivos e perspectivas diferentes. O ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) é um exame realizado, a partir de 1998, ao final do ensino básico. O exame é feito por inscrição voluntária e é composto de uma única prova que contém perguntas com respostas de múltipla escolha e uma proposta para redação, abrangendo as várias áreas de conhecimento, inclusive nas atividades pedagógicas da educação básica no Brasil. Este exame tem por objetivo oferecer uma referência para que cada cidadão possa proceder à sua auto-avaliação ao final da educação básica.

O Saeb (Sistema Nacional de Avaliação Básica) tem suas origens no final da década de 80, consolidando-se a partir de meados dos anos 90, é atualmente o instrumento tradicional de diagnóstico da qualidade da educação básica no Brasil. É realizada a cada dois anos por meio de um estudo realizado com uma amostra de alunos dos cursos 4º e 8º do ensino fundamental e 3º. curso de ensino secundário. Aplica-Se o teste de múltipla escolha de Língua Portuguesa (Leitura) e Matemática, além de inquéritos realizados a alunos, professores e diretores. Desde 1995 faz uso da Teoria da Resposta ao Item e de um sólido plano de amostragem, conferindo segurança e comparabilidade aos seus

Como usar a nota do Enem para entrar na universidade – Prouni, Sisu e Fies

Em novembro, foi realizada a avaliação universitária do gigante sul-americano que determina a distribuição de alunos e o acesso a bolsas de estudo.Durante os domingos, 4 e 11 de novembro, será realizado, no Brasil, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), por meio do qual são avaliados os conhecimentos adquiridos pelos alunos no nível secundário de educação.

O resultado deste exame determina o ingresso dos estudantes na universidade e também o acesso a bolsas de estudo. Nestes dois dias, os portões dos prédios serão abertos às 12h e fecham às 13, para dar início ao exame às 13.30. No domingo, 4, os estudantes terão cinco horas e 30 minutos para responder perguntas de Linguagens, Literatura, Inglês ou Espanhol, Artes, Tecnologias de Informação e Comunicação.

11 serão avaliados conhecimentos de Matemática, Ciências da Natureza, Química, Física, Biologia, Geografia, História, Filosofia e Sociologia, contando os alunos com um tempo total de cinco horas para responder a todas as perguntas. Caso O Brasil. Para aceder ao nível de ensino superior, é necessário ter concluído o ensino médio e passar no processo seletivo imposto por cada instituição, o disposto na Lei 9.394, Art. 44, inc. II.Desde 2009, as notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) podem ser usadas para aceder a algumas universidades.

Há oito milhões de estudantes no nível universitário, e destaca-se que o interesse dos candidatos por entrar nas melhores universidades cresce ano após ano, embora estas universidades exigem precisamente pontuações mais altas no ENEM. ENEM. Este exame foi criado em 1998, com o objetivo de avaliar os conhecimentos dos alunos, uma vez que concluem a educação secundária. São também utilizados os resultados desta prova para atribuição de bolsas de estudo do Programa Universidade para Todos (Prouni).

O ENEM tomou ainda mais relevância a partir de 2009, durante a presidência de Lula, já que uma grande quantidade de universidades começaram a utilizar seus resultados como critério de seleção para a admissão de novos ingressantes. A participação dos estudantes desse exame é voluntária e nele se avaliam diferentes áreas de conhecimento. Aqueles que não obtiverem um mínimo de 450 pontos em cada uma e de 500 pontos na escritura não podem obter o certificado de conclusão do ensino médio

Formação PRONATEC – O que fazer depois de formado? Entenda a formação técnica

Tanto a educação técnica como a universitária têm suas vantagens. Para certos postos de trabalho, os empregadores optam por profissionais técnicos em todos os campos da metalúrgica, mineração e engenharia elétrica.
Para corridas, como direito, economia e medicina, os empregadores exigem que os alunos sejam universitários. Como foi mencionado anteriormente, cada tipo de educação tem seus méritos, mas quem ganha mais, os profissionais técnicos ou universitários?

Mesma carreira, diferentes receitas

Administração de empresas, contabilidade e finanças, engenharia civil, marketing e arquitetura são algumas das raças que têm maior demanda entre os estudantes. No entanto, os alunos sentirão as diferenças de estudar em uma universidade e um instituto, quando colocados no mercado de trabalho.

A pós-graduação técnico da carreira de administração ganha, em média, 32% a menos que o graduado da faculdade. No caso da contabilidade, esta diferença é de quase 37%; marketing, 31% e engenharia civil, com 36%.

Não obstante, no caso de arquitetura, a diferença na renda média entre um graduado técnico e universitário é mínima, 3.49%. Isso se deve ao fato de que há institutos que se especializaram nesta profissão, de tal forma que estão quase a par.As carreiras universitárias com maior presença no mercado de trabalho são as de administração de empresas, direito e contabiidade.

As carreiras técnicas com maior presença no mercado de trabalho são ciências da computação, administração e contabilidade.

Como conseguir um emprego como tecnólogo

Por ser um tecnólogo é sempre bom ir diretamente nas vagas que exijam esse tipo de formação, mas também seguir alguns conselhos que vão te ajudar a arranjar um emprego depois de ter terminado o curso de formação.

Prepare-se para começar a sua busca

Coloque no lugar de seu empregador por um segundo:

  • O Que vão querer saber sobre você?
  • Que tipo de habilidades acredita que está procurando?
  • Como vocês sabem que você é a pessoa certa para o cargo?

A entrevista de tecnologia é uma oportunidade que tem uma empresa de realmente colocar à prova as capacidades de um possível funcionário.

Para provar que você realmente pode fazer o trabalho, o entrevistador pode colocá-lo à prova com relação a uma variedade de disciplinas, dar-lhe perguntas ou problemas para resolver no momento, e esperar que os resolva sobre a marcha. Se conseguir a vaga, provavelmente espera que aprenda rapidamente. E isso implica mostrar que as suas capacidades estão atualizadas e extremamente agudizadas.

Conheça o mercado e o setor

Não basta aguçar suas habilidades, mas também certificar-se de contar com as pessoas certas. Os empregadores estão à procura de candidatos que estejam em sintonia com o mercado e as exigências do cargo. Por tudo o que você precisará investigar, de forma exaustiva as últimas inovações, competências e conhecimentos técnicos que a empresa (e o lugar) demandaram de você.

Não ceda à tentação de improvisar ou confiar apenas na sua inteligência. Faça-se a ideia de que a sua entrevista será o mais rigorosa possível. Faça a sua tarefa e certifique-se de estar preparado para responder qualquer pergunta relacionada com o campo em que pretende trabalhar.

Lembre-se dos princípios básicos

Seus conhecimentos básicos de informática e conceitos principais reforçam as boas práticas em qualquer posto de tecnologia. Por isso, não negligenciar. Certifique-se de ter dedicado tempo suficiente para rever e revisar as teorias de que pode ter esquecido. Tudo mencionado em seu currículo ou no seu perfil do LinkedIn poderia surgir em sua entrevista.

Lembre-se que é provável que o seu entrevistador consulte a vários outros candidatos além de você. Por isso que, provavelmente, ter um padrão básico que você precisa certificar-se de haver captado e que deve superar. Não deixe que os princípios básicos desanimem.

Preveja as distrações

Trabalhar em tecnologia envolve localizar e resolver problemas, como também ter a capacidade de improvisação. Não deve supor que a sua entrevista será diferente.

Podem apresentar uma situação ou hipótese e pedir que a resolva. O que o entrevistador pode estar procurando aqui não é necessariamente a resposta correta, mas o conjunto correto de processos de pensamento e capacidades para resolver problemas.

O papel dos programas sociais na inclusão dos jovens no mercado de trabalho

A inclusão dos jovens no mercado de trabalho é uma preocupação fundamental de países em desenvolvimento e com altas taxas de jovens com baixa escolaridade, como é o caso do Brasil. Neste cenário pergunta-se como fazer para incluir esses novos aprendizes no mercado de trabalho tão exigente? Os programas sociais de inclusão são uma prova de como fazêl-lo.

Pronatec

Pronatec (pronatec.inf.br) oferece mais de 500 cursos. Entre os cursos de longa duração, os mais populares são o técnico de segurança no trabalho, Tecnologia da informação, logística, enfermagem e mecânico. Entre os cursos de qualificação profissional, que duram até seis meses, os mais ocupados são Assistente Administrativo, operador de computador, Assistente de Recursos Humanos, eletricista, Inglês Básico e recepcionista.

Todos os cursos são gratuitos e os estudantes também têm direito a livros, uniformes, materiais para trabalhos práticos de aula e refeições e assistência de transporte. O Pronatec procura satisfazer as exigências regionais de formação de mão-de-obra. Na Amazônia, por exemplo, o mais popular é o curso de técnico de computadores, devido à proximidade da Zona Franca. Nas regiões rurais, os cursos vão desde as carreiras de viveiro de plantas e flores, agricultura biológica e grandes máquinas agrícolas e operadores de sistemas de irrigação.

Dos beneficiados pelo Pronatec, 67% são jovens até 29 anos, 59% são mulheres e 28% das matrículas estão no Nordeste.

Cursos do SENAI, SENAC e outros

Em 2015, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e luta contra a pobreza (SEMPS), na sigla original) foi o órgão responsável pela gestão do Pronatec BSM em Salvador, capital do Estado da Bahia.

Outros atores envolvidos na implementação do programa no município incluem o município Labor Intermediation Service (SIMM, na sigla original), vinculado ao Secretário do trabalho Desenvolvimento e Emprego( SEDES, em português), e as instituições de Cursos de BSM Pronatec, como os cursos nacionais Serviço de Educação Industrial (SENAI, na educação Comercial (SENAC), no acrônimo original), e no Instituto Federal da Bahia (IFBA, no acrônimo original).

De acordo com os dados de 2015 sobre a absorção de trabalho e a abertura de vagas de emprego na os sectores econômicos mais representativos,  a economia em Salvador revelou oportunidades potenciais para desenvolver a inclusão produtiva estratégias para as populações mais pobres e vulneráveis, quer através da colocação no mercado, quer através da mercado de trabalho formal, ou oportunidades em empreendedorismo individual ou coletivo.